sábado, 5 de abril de 2008

Censura ao debate sobre o projeto de lei??

Rio de Janeiro, quinta-feira, 3 de abril, 22:30h, ligo a Net, sintonizo a TV Câmara , para acompanhar o Programa VerTV que debateria o PL 29, com um representante da ABTA (associação de operadores de tv por assinatura), uma pesquisadora e o Deputado Jorge Bittar, relator do projeto na Comissão de Ciência e Tecnologia da Câmara dos Deputados.

E eis que a TV Câmara estava sem áudio nesse horário!!! Era o único canal sem áudio?
Censura da Net ao debate??

Alguém tem notícia se a TV Câmara estava sem áudio em outros lugares além do Rio?

O debate no programa VerTV será reprisado, veja post abaixo. E pode ser visto pela internet em
http://www.camara.gov.br/internet/TVcamara/default.asp?selecao=programas&programa=153

2 comentários:

Sérgio L Tavares disse...

João, tenho umas dúvidas, se vc puder responder agradeço.

- Os canais totalmente internacionais como DUBAI ou aquele do Japão seráo afetados?

- Canais como Discovery terão de exibir uma cota nacional, certo?

- A cota poderá ser preenchida por, digamos, uma novela nova que a Globo lance e venda pra essas cotas? Quero dizer, como garantir que as cotas nao serão preenchidas por programas do tipo 'outra novela da Globo', produzida inclusive PELA Globo?

- Sobre a parte da produçao independente (acho q parte da pergunta acima é respondida com este assunto), voce acredita que possa haver uma espécie de 'boom' de novas produtoras nacionais?

Agradeço muito sua resposta e parabens pelo blog. Nao aguento mais aquela propaganda das TVs sobre o tema.

Att,

Sérgio
Maringá PR

João Bittencourt disse...

Olá Sérgio,

Obrigado pela visita.
Te respondo a partir do meu entendimento das declarações recentes do deputado relator para mídia especializada (notícias aqui no Blog).

- Canais do tipo NHK, RAI, TV espanhola, etc, não teriam cota alguma pois tem uma programação igual em todo o mundo e não são direcionados ao público brasileiro (não tem legenda ou dublagem, por exemplo). Tenho dúvidas em relação à TV5 (canal francês)...

- Sim, canais como Discovery, HBO, etc. teriam uma cota de 3:30h semanais em 4 anos. 52 minutos (25%) semanais no primeiro ano.

- A garantia de que uma novela produzida pela Globo não poderia ocupar as cotas só seria possível se toda a cota de conteúdo brasileiro fosse direcionada à produção independente. Os produtores independentes têm feito pressão a favor (Globo contra, mas ainda não está claro qual o percentual a ser ocupado pela produção independente nas cotas.

- Acredito que a produção independente para TV irá aumentar sim. E bastante. O projeto prevê um fundo polpudo para o financiamento da produção independente e destina 30% desse fundo ao norte-nordeste.

abraços,
João